Carros, 132 anos de paixão!

78

O primeiro veículo motorizado foi um carro de três rodas para uso comercial a gasolina, produzido em 1885 pelo engenheiro alemão Karl Benz, o motorwagen, pela Benz & Co., em Mannheim. O sistema de arranque era a manivela, e tinha potência de 0,8 cv, podendo atingir 18 km/h. Em Stuttgart, Gottlieb Daimler criava o primeiro veículo de quatro rodas a combustão interna que atingia a velocidade de 16 km/h.

71

A Exposição Universal de 1889, realizada em Paris, divulgou o automóvel para o mundo, pois até este momento, poucas pessoas os conheciam e o interesse era restrito.

 Em 1892, Henry Ford produziu seu primeiro Ford na América do Norte. Acima, o Ford T de 1909. O primeiro pneu para automóveis foi lançado, em 1895, pela empresa francesa Michelin.

Os ingleses tiveram que esperar para entrar no mercado devido à lei da bandeira vermelha (1862). O Lanchester foi o primeiro carro inglês, e, logo após dele, vieram outros como: Subean, Swift, Humber, Riley, Singer, Lagonda, entre outros. 

 Em 1904, na Inglaterra surgiu o primeiro Rolls Royce, a Itália surgia com Fiat, Alfa-Romeo. Na Alemanha a Mercedes-Benz e a Suíça e Espanha, com o luxuoso Hispano-Suiza.  Após a Seguinda Guerra, os automóveis eram mais compactos e fabricados em série.

O primeiro automóvel chegou ao Brasil no ano de 1893 e foi comprado pelo inventor do avião, Santos Dumont.

 O Brasil e América Latina entraram no jogo após a Segunda Guerra. Na década de 30, fábricas como a Ford e a General Motors, colocaram suas linhas de montagem no país. Em 1956, durante o governo de Juscelino Kubitschek as multinacionais automotivas começaram a montar aqui os automóveis. A pioneira aqui foi a Fábrica Nacional de Motores, que era responsável pela produção de caminhões pesados. E seguiram: automóvel JK com estilo Alfa-Romeo, Harvester, Mercedes-Benz do Brasil com seus caminhões e ônibus, a Scania-Vabis e a Toyota. E os mais conhecidos, projetados na Europa e EUA: Fusca, Corcel, Galaxie, Opala, Dart, DKW-Vemag, Willys-Overland. 

8076.jpg737279
Novos Encontros & Paixão Antiga

Os brasileiros são declaradamente apaixonados por carro e, muitas vezes, essa paixão passa de pai para filho e assim por diante, contagiando toda a família com esta sensação de resgate da história e do passado.
Entre as categorias dos colecionadores estão os Antigos, Turbinados, Tunados e Clássicos. A manutenção para manter um carro antigo não é nada barata e muitas vezes é preciso investir tempo, paciência e muito dinheiro. Entre as categorias dos colecionadores estão os Antigos e Clássicos.

 Kombis e Fuscas são extremamente populares e existem também os clássicos Variant, Jeep, Caravan, DKW Vemag Belcar, Puma, Gurgel, Dodge Charger, Karmann Ghia, Opala, F75, Landau e o potente Maverick! 

81.jpg

Aliás, a RedHelmet participa neste ano, pela primeira vez, do 14º ENCONTRO DE AUTOMÓVEIS ANTIGOS DE SÃO ROQUE, dias 27 e 28/5 e o tema principal escolhido é, ele mesmo, o incrível MAVERICK!

75

Se estiver por perto, visite o evento no Recanto da Cascata, São Roque – SP!

facebook.com/encontrodeautomoveisantigosdesaoroque

Abraços e até lá!

Anúncios

Tendências automotivas para 2018

53

47

Mesmo o carro 100% autônomo sendo realidade, 2017/2018 traz o ressurgimento de carros semiautônomos (manutenção da distância entre veículos, estacionamento automático) oferecidos por fabricantes de luxo como Tesla, BMW, Infiniti, Mercedes-Benz e Acura. De acordo com a IHS Automotive, 21 milhões de carros autônomos ou semiautônomos estarão nas estradas em todo o mundo em 2035.

46

A impressão 3D torna possível a reprodução de autopeças, poderemos obter uma peça sem ter de encomendar ou procurar por ela. A SmarTech espera que, por volta de 2019, a impressão 3D seja um mercado de 1,45 milhão de dólares para a indústria automobilística.

48

Essencial em veículos autônomos, a inteligência artificial estará cada vez mais presente nos carros nos próximos anos. De fato, na China e na Índia, estima-se que 84% dos consumidores comprarão um carro autônomo no futuro próximo — esses dois países estão quebrando recordes no número de acidentes de carro. A inteligência artificial está agora entrando no mercado de massa. Por exemplo, o Hyundai Elantra possui um detector opcional de ponto cego e uma frenagem automática de emergência.

51

O novo Cadillac CTS está equipado com um dispositivo que permite a ele se comunicar diretamente com outros veículos, incluindo o compartilhamento de informações sobre as condições meteorológicas e rodoviárias.

O setor de carros elétricos está crescendo: Tesla Modelo 3, Chevy Bolt, Kia Alma EV, BMW i3, Nissan Leaf, Ford Focus EV e Smart ForTwo Electric Drive, entre outras novidades que vêm por ai!

52

A Audi está realmente inovando com seus “faróis revolucionários” ao propor faróis que não vão mais cegar o motorista de um veículo que se aproxima. A Mercedes-Benz oferece seu sistema LED Multibeam, que está equipado com uma câmera. A Volvo está desenvolvendo faróis que viram ao mesmo tempo que o carro. Essa tecnologia de faróis avançada está inclusive disponível para carros de entrada. As lâmpadas de halogêneo são obsoletas, as lâmpadas de Xenon são caras, e os faróis de LED agora vêm na maioria dos carros modernos.

54

Mas teremos espaço também para os clássicos. Grandes veículos em breve estarão fazendo um retorno, como o atemporal Land Rover Defender, previsto para 2018, mas especialmente o clássico Ford Bronco, cuja produção parou abruptamente em 1996, bem como o Jeep Wagoneer e o Ford GT.

55

Há alguns anos, a Ford lançou um programa de materiais reciclados, reutilizando o algodão que vem de roupas. O movimento ambiental na indústria de automóveis não se limita à redução das emissões de poluentes e alguns especialistas acreditam que este é só o começo de uma grande revolução. Vamos acompanhar de perto!

Carros que voam já são realidade

42

Nas autoestradas de alguns países da Europa, como por exemplo, na Alemanha, já é possível se deparar com aqueles veículos futurísticos que adoraríamos poder dirigir e num piscar de olhos, decolar e sairmos voando em nossos fantásticos “aerocarros”. Nada mal não é? Veja aqui alguns protótipos e aquele que já circula pela Europa, fabricado pela Carplane (www.carplane.com).

Alguns deles já estão a venda na Europa e nos EUA como possíveis soluções para o futuro, realmente próximo!